Como se vestir no frio para encarar uma aventura?

Como se vestir no frio para encarar uma aventura?

postado em: Dicas | 0

Quando vai chegando a época do frio a maioria das pessoas começa a se recolher. Procuram evitar atividades ao ar livre e a exposição ao clima mais frio. Porém, os amantes das montanhas, das trips e atividades outdoor sabem que em nossa terra o inverno significa tempo seco. Logo, tempo de ir para montanha.

Sabe qual a principal dica quando o assunto é como se vestir no frio? Se vestir em camadas.

Nesse post, vamos compartilhar como eu e Bia temos encarado as aventuras em baixas temperaturas.

Sistema 3 camadas

Primeira Camada

(Segunda Pele, Base Layer, Underwear)

A primeira camada é composta  pela roupa que fica em contato com o corpo. Seu papel principal é manter o corpo seco e aquecido. Para isso é fabricada com uma tecnologia que permite a eliminação do suor. Normalmente são roupas justas e de material sintético.

Edinho

Slotrail 104A primeira vez que eu utilizei segunda pele foi na volta do mochilão pela América do Sul. Numa conversa entre amigos eu comentava que o ruim do frio era ficar com a camisa de baixo molhada. Usava camisas de algodão e quando colocava o casaco e caminhava o suor encharcava a camisa. Com a indicação da segunda pele resolvi esse problema, mas encontrei uma segunda pele que esquentava muito e não me adaptei muito bem.

O achado mesmo, que mudou minha rotina ao ar livre, foi a baselayer. Ganhei, num concurso de fotografia do point da neve, uma baselayer light da The North FaceFabricada com um tecido muito confortável, leve e com a tecnologia Flashdry ela mantém o corpo sempre seco. Muito confortável, ela passou a ser minha camisa oficial de corridas, ultramaratonas e expedições nas montanhas.

Não é uma camisa barata, mas pela durabilidade (tenho a minha desde 2013 e uso muito), qualidade do material e eficiência eu mais que recomendo.

 Segunda Camada

(Fleece)

A segunda camada tem como principal finalidade aquecer. São os casacos leves que usamos. Existem uma série de tecidos que estamos acostumados a utilizar nessa função mas o fleece se destaca dentre esses. Um tecido leve, com uma capacidade de aquecer muito boa.

Bia

sua casa é o mundo - ponto alto 10
Chegou no cume das Agulhas Negras, Bia chamou no fleece!

A Bia é uma pessoa muito "friorenta". Soprou um ventinho mais gelado ela já está tremendo de frio. Quando começamos a namorar ela já escalava e se amarrava em trilhas, porém nunca tinha feito travessias. Nossa estréia foi na Travessia da Serra dos Órgãos e como ela não tinha muito equipamento foi com minhas roupas.

O primeiro presente pós travessia foi um fleece. Voltamos da montanha e fomos direto na Decathlon procurar um fleece pra ela. Não é uma loja onde compramos muito, mas vez ou outra acabo me rendendo aos baixos preços e compramos algum material.

O fleece bom mesmo, que esquenta o suficiente e a Bia se amarra veio bem depois com a aquisição de um conjunto fleece/jaqueta que eu explico na próxima camada.

 

Terceira Camada

(Anorak)

A terceira camada é a responsável por bloquear o vento e a umidade. É a camada mais externa, mais técnica e mais funcional em frios extremos. Em temperaturas menos extremas ela ganha importância se estiver chovendo. Uma preocupação importante na hora de escolher essa peça do vestuário é analisar se o tecido é "respirável". Além de bloquear o vento e a umidade é interessante que o tecido permita a saída da nossa transpiração.

Edinho

Essa camada é fundamental pro sucesso das atividades em lugares remotos. Particularmente quando estamos sujeitos a intempéries.

Meu primeiro contato com esse tipo de casaco foi quando fui velejar pela Patagônia Argentina. Paramos em Punta Arenas e em uma loja especializada comprei o melhor que existia para aquela situação. Cheguei em um casaco triclimate, com anorak e fleece integrado, de uma marca que não me lembro. 

Mas para aventuras mais "móveis" o melhor casaco que encontrei é nacional. Precisava de um anorak bom é leve para uma Ultra Trail na Eslovênia. Encontrei a solução no Brasil! Muito leve, resistente e que cumpre perfeitamente o papel da terceira camada o casaco tempest da Solo é o meu preferido.

material serra fina
Começo do dia sempre é frio na Serra Fina. Bia e Edinho de Anorak arrumando tudo.

Bia

Para a Bia demoramos um pouco para pensar em Anorak. Como ainda não vamos para Alta Montanha ficamos relutando e priorizando outros equipamentos. Afinal de contas o investimento na terceira camada é sempre alto. Monitorando um grupo do facebook de compra/venda de materiais de montanha encontramos a pedida ideal. Um conjunto Anorak/Fleece da The North Face.

Uma versão mais antiga da Jaqueta Boundary Triclimate com um Anorak externo excelente e um zíper ligando ao Fleece. Atualmente a Bia tem três fleeces mas esse é disparado o que ela mais gosta. O fleece da TNF tem uma telinha interna que o torna mais respirável que os outros dois. 

 

Resumindo

O Sistema de Camadas é a melhor maneira para se vestir no frio. Seja para praticar esportes outdoor, atividades ao ar livre ou durante os mochilões. É uma maneira funcional de colocar as roupas, protegendo o organismo e garantindo as melhores condições de conforto.

A primeira camada é a responsável por manter o corpo seco, a segunda camada tem a função de aquecer e a terceira camada fica com o papel de isolar as demais camadas, protegendo do vento e da chuva.

Cada camada pode ter mais de uma peça. Por exemplo, a segunda camada pode ser composta de um fleece fino e um casaco mais grosso. O importante é entender a funcionalidade de cada uma.

Com a tecnologia da indústria de roupas, particularmente a nacional, observamos um vasto leque de opções e cada vez mais com beleza agregada ao conforto. Aproveite as dicas e se aqueça para a próxima aventura no frio! 

Seguir Edinho Ramon:

Fundador

Fundador do Sua Casa é o Mundo. Apaixonado por viagens, atividades ao ar livre e esportes de aventura. Acredita que sonhar é importante e realizar sonhos é fundamental. Sua missão é inspirar compartilhando histórias, fotos e dicas úteis.

Deixe uma resposta