Picos de Escalada em Santiago

Picos de Escalada em Santiago

Recebi um convite muito diferente para o dia do meu aniversário de 29 anos. Mayda, uma amiga que conheci no meu primeiro mochilão decidiu se casar e a maneira como me convidou praticamente garantiu minha presença na festa. Local: Santiago.

Não perdi tempo, fechei a janela do facebook que conversávamos e já inicei a busca por passagens aéreas. Como não teria muito tempo disponível, me organizei para ficar por lá apenas 3 dias. Viajando com a namorada fui bem criterioso no roteiro. Decidimos que essa viagem seria a trip da escalada!

Mall Sport

Para quem é da vibe da aventura e dos esportes ao ar livre um destino obrigatório em Santiago é o Mall Sport. Um shopping com diversas lojas voltadas para esportes e vida ao ar livre. Localizado no bairro Las Condes, na Avenida de mesmo nome, nos proporciona a possibilidade de encontrar dos mais variados materiais para atividades outdoor. De prancha de surf até crash pad. Para se ter idéia da atmosfera do lugar, existe em uma área externa uma piscina de ondas, no hall central uma parede de escalada enorme que vai do térreo ao último andar e para a criançada um setor com brinquedos aéreos, que simulam um arvorismo indoor .

mallsport

Se o objetivo for comprar é interessante já ter em mente quais são os preços praticados no Brasil e a taxa de câmbio. Assim, ao encontrar itens interessantes já é possível analisar se está valendo a pena. Adianto que por ali existe muita coisa em conta.

bia boulder mall

Essa foi a nossa primeira parada. Nem eu nem a Bia gostamos de compras, muito menos de shopping, porém confesso que esse lugar era diferenciado. O Chile está muito a frente do Brasil quanto a atividades outdoor e a variedade de equipamento e material nos despertou um interesse maior que o normal nas lojas. Após algumas voltas e compras fui testar a sapatilha adquirida nos boulderes próximos à parede citada. No fim de semana anterior teve uma competição por ali e as vias ainda estavam montadas. Foi bem interessante. O staff foi muito solícito e pude confirmar os picos de escalada que eu tinha pesquisado na internet. Por fim, decidimos escalar em dois pontos diferentes: El Arraylan em um dia e e Cajón de Maipo no outro.

Santuário de la Naturaleza Arrayan

Até o bate papo com a galera do boulder no Mall Sport desconhecíamos El Arrayan.Felizmente descobrimos esse pico que é um setor de escalada muito próximo do shopping. Basta seguir a Av. Las Condes na direção leste até encontrar a Plaza San Henrique e de lá seguir à esquerda pelo Camino El Cajón. No google maps é possível ver.

Observando a montagem, onde o carro branco está parado é a entrada do caminho que dá acesso ao setor. Como não tenho o endereço de lá pesquisei no google maps e cheguei nesse endereço: Camino El Cajón 20206-20944, Lo Barnechea, Santiago. Clicando no link ou colocando no google maps é possível encontrar o ponto de entrada. Siga a direita em direção ao portão verde e entre. Se ele parecer fechado, olhe para a esquerda. Há uma passagem.

chegando el arraylan

Dentro você encontrará algumas casas, cruze indo na direção nordeste, seguindo no fundo do terreno à esquerda você encontrará uma trilha que leva ao santuário de la naturaleza.

O setor é uma Zona de Escalada muito roots. Com uma mentalidade de preservação ambiental, é conhecido pelos locais como bosque mágico. Existem diversos avisos referentes aos cuidados com a natureza, assim como o projeto “El bosque mágico”  que trata de temas relativos à preservação dos picos de escaladas chilenos. Abaixo um vídeo do projeto:

Os chilenos são muito buena onda. Encontramos várias pessoas e elas ficaram surpresas ao se depararem com um casal de brasileiros escalando por ali sem a companhia de nenhum chileno. É um pico bem frequentado pelos escaladores de Santiagoporém dependendo do horário e do dia da semana pode ser difícil escalar as vias mais populares.

Cajón Del Maipo

A melhor opção de carro, saindo do centro de Santiago, é pegar a Av. Vicuña Mackenna até a Av. Departamental, onde se deve virar a esquerda e seguir até Av. La Florida. Chegando nela, virar a direita tomando a direção sul. Pronto! Meio caminho andado, daí em diante basta seguir o fluxo. A avenida passa a ter outros nomes, Camilo Henriquez e Camino a San Jose até tornar-se Camino al Volcán. Estando no caminho não tem mais como se perder. Basta encontrar o destino.

Abaixo um mapa que encontrei no site de turismo da região.

cajon de maipo

 

 

Após pesquisas nos dois sites de escalada mais indicados por minha amiga chilena: chileclimbers.cl e guiaescaladachile.com decidimos que não poderíamos sair de Santiago sem passar por lá. Como faríamos um bate e volta decidi que o mais fácil seria ir para o setor de Los Manyos localizado na região de El Manzano.dicas que encontramos na internet indicavam como referência um camping que não encontramos, assim comecei a observar as montanhas e virei a esquerda numa ruazinha que subia em direção a elas. Quase no fim dessa rua encontrei um hostel que diga-se de passagem era muito maneiro. O Hostel Chikiayan, conversei com a senhora que lá estava e pronto. Descobri que era por ali. A região é muito bonita!

Estacionamos o carro e começamos a caminhar pela ruazinha que logo virou trilha. Margeando o rio, sempre a esquerda dele. Após cruzá-lo, seguir a bifurcação para direita. Daí em diante não existe bifurcação. Basta seguir a trilha.

caminho para piedra romel

Cajon del Maipo por chikiyan.cl

Cajon del Maipo por chikiyan.cl

Ao encontrar a primeira via foi paixão a primeira vista. Nos deparamos com um grande bloco de pedra, com variadas possibilidades de diversos níveis. Começamos a experimentá-la e dali não saimos mais. O passeio é sensacional, para os que não escalam mas são chegados em fotografia acho que é até melhor. Para quem não escala, não gosta de fotografia, mas curte um contato com o mato, com as montanhas, também recomendo o passeio. A trilha não é técnica e o visual, certamente, vale o esforço.

Deixe uma resposta